Canadá e EUA batem recordes de calor neste verão do Hemisfério Norte
Flavia Correia
Canadá e EUA batem recordes de calor neste verão do Hemisfério Norte

A cidade de Burnaby, na região metropolitana de Vancouver, no Canadá , registrou pelo menos 25 mortes súbitas nas últimas 24 horas. Segundo as autoridades, essas mortes podem estar ligadas a forte onda de calor que atinge a região . As informações são do G1. 

De acordo com a rádio CKNW, o número de mortos pode ser ainda maior. A polícia da cidade de Surrey, vizinha a Burnaby, atendeu a pelo menos 48 ocorrências de morte súbita entre segunda e terça-feira. 

"Embora estejam ainda sob investigação, acreditamos que o calor seja um fator que contribui para a maioria das mortes", escreveu a polícia local em nota. "Muitos dos falecidos são idosos."

Desde domingo (27) o  Canadá tem registrado recordes de temperatura. O último não durou nem 24 horas e foi renovado. Os termômetros da pequena cidade de Lytton, na Columbia Britânica, marcaram 47,5ºC na segunda-feira (28), quase um grau centígrado a mais do que o registrado na mesma cidade no dia anterior. 

A onda de calor fez com que as autoridades da região pedissem que as empresas dispensassem seus funcionários caso não conseguissem garantir a segurança deles. Como essas temperaturas são incomuns para a região, nem todos os locais têm equipamentos de ar condicionado preparados para esse calor. 

Para se ter uma ideia, o recorde histórico de calor no Brasil, que é 44,7°C. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) , essa marca foi atingida em Bom Jesus do Piauí em novembro de 2005.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários