Prédio de 13 andares é derrubado após bombardeio israelense
Reprodução Twitter
Prédio de 13 andares é derrubado após bombardeio israelense

 Um prédio de 13 andares na Faixa de Gaza  caiu após ser bombardeado por aviões militares israelenses nesta terça-feira (11).

Segundo informações preliminares da Al Jazeera, não há registros de mortes após o ataque, já que os residentes do prédio deixaram o local após serem alertados da possibilidade de ataques aéreos na Palestina . Dois andares do prédio seriam usados por lideranças politicas do Hamas

Confira o vídeo:


A Liga Árabe , que reúne 7 países do Oriente Médio, condenou os ataques aéreos feitos por Israel sendo "irresponsáveis e indiscriminado", e acusou o governo do país pela escalada de ódio que voltou a crescer recentemente:

"Violações israelenses em Jerusalém, e a tolerância do governo acerca do extremismo de judeus contra árabes e palestinos é o que levou a ignição da situação em uma via perigosa", declara Ahmed Aboul Gheit, líder da Liga Árabe em comunicado.

Em represália ao bombardeio ao prédio, o Hamas , grupo islâmico considerado terrorista por Israel , anunciou na tarde desta terça (11) ter disparado 130 foguetes em direção a Tel Aviv, cidade israelense. Uma mulher de 50 anosmorreu.

As Forças de Defesa de Israel usou as redes sociais para alertar cidadãos da Faixa de Gaza a "ficarem longe" de locais comandados pelo Hamas para ficar em segurança. Indicando que durante a noite, poderão ocorrer novos bombardeios.

A tensão entre palestinos e israelenses voltou a crescer desde a última sexta-feira (11), por conta de um possível despejo de famílias palestinas de Jerusalém Oriental . Desde então, conflitos deixaram dezenas de mortos e centenas de feridos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários