Donald Trump ao lado de seu advogado e ex-prefeito de NY, Rudy Giuliani
Peter Foley/EPA
Donald Trump ao lado de seu advogado e ex-prefeito de NY, Rudy Giuliani

Investigadores federais realizaram nesta quarta-feira (28) uma operação de busca e apreensão na residência de Rudolph Giuliani , ex-prefeito de Nova York e advogado pessoal do  ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump .

Giuliani é investigado há alguns anos por conta de negócios firmados na Ucrânia , que envolvem o governo e oligarcas do país do leste europeu. No apartamento do advogado, aparelhos telefônicos foram apreendidos.

Segundo informações do jornal Los Angeles Times, o ex-prefeito não se pronunciou a respeito do fato, mas antes, já havia chamado a investigação de “pura perseguição política”. 

A motivação da abertura do primeiro processo de impeachment aberto contra Trump, ainda em 2020, no qual o republicano foi absolvido, está de forma indireta ligada ao caso de Giuliani.

O advogado é investigado por supostamente ter atuado como um lobista no governo estadunidense sem informar as autoridades responsáveis.

Em troca dessa atuação, políticos e empresários da Ucrânia teriam se comprometido a investigar Joe Biden e o filho para buscar informações que seriam comprometedoras para a campanha dos democratas, que no fim, acabou vencendo Trump nas eleições presidenciais em novembro do ano passado.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários