Autoridades investigam o caso do mais jovem terrorista do Reino Unido
Toby Melville/Reuters
Autoridades investigam o caso do mais jovem terrorista do Reino Unido

Na segunda-feira (08), na Inglaterra , um menino de 16 anos foi julgado pelo tribunal da Cornuália por ter comandado um grupo neonazista de dentro da casa de sua avó. O nome do acusado não foi divulgado e segundo a imprensa local, ele é considerado o terrorista mais jovem do Reino Unido . As informações foram apuradas pelo G1. 

Com o andamento do julgamento pela Justiça, após ele mesmo confessar os crimes, ficou decretado que o jovem irá cumprir dois anos de reabilitação em um regime aberto, ou seja, ele não será apreendido pelas autoridades. 

De acordo com o jornal local The Guardian, o réu era líder de uma célula britânica neonazista  Feuerkrieg Division e arquitetava ataques por toda a Europa e tinham como exemplo, o ataque protagonizado por Anders Breivik , terrorista que matou 77 pessoas em 2011 na Noruega. 

Você viu?

Com as investigações, as autoridades encontraram uma bandeira nazista, um laptop e a cópia de um texto com ideais nazistas. Ainda foi encontrado um desenho de um slogan nazista no jardim da casa, segundo os relatos dos policiais a imprensa britânica. 

O juiz responsável pelo caso, Mark Dennis, disse que o jovem "entrou em um mundo digital de preconceito assustador", mas que situação poderia ser revertida pelo arrependimento apresentado pelo réu no julgamento e pelo fato dele também ter confessado os atos criminosos . "Você agora tem oportunidade de colocar isso para trás e redirecionar seu futuro", declarou o juiz. 

Com as informações divulgadas, os advogados do jovem apontaram que ele perdeu o contato com os pais após viver situações difíceis durante a infância e desde de então, ele foi criado pela avó e passou sua juventude distante e tendo problemas emocionais. 

Porém, a promotora Naomi Parsons discordou da declaração dada pela defesa do acusado. Ela disse que a idade do jovem já era um alarmante e que sua maturidade foi considerava como “além de sua idade cronológica". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários