Restos mortais e oferendas no túmulo
Divulgação/Inrap/Denis Gliksman
Com aproximadamente um ano de idade, o bebê foi enterrado no início do século I.

O túmulo de uma criança, de 2 mil anos de antiguidade , foi descoberto no solo abaixo do aeroporto de Clermont-Ferrand, no centro da França , reportou o Instituto Nacional de Pesquisas Arqueológicas Preventivas (Inrap), nesta quinta-feira (14). 

Com aproximadamente um ano de idade, o bebê foi enterrado no início do século I em um pequeno caixão de madeira que foi localizado "pela presença de vários pregos e de uma placa de ferro ornamental", disse o Inrap em um comunicado.

Ao redor do caixão havia diversos objetos, encarados pelos pesquisadores como oferendas , como peças de açougue que incluíam meio porco, três presuntos e duas galinhas decapitadas, vasos em miniatura e recipientes de vidro, informou o UOL

"Há cerca de 20 vasos aqui, assim como abundantes depósitos de alimentos", disse Laurence Lautier, responsável pelas escavações, à Agence France-Presse .  Isso "reflete um certo status social, uma família certamente muito rica", acrescentou.

Os arqueólogos também encontraram um anel de ferro e uma vareta de metal, um conjunto que existia na época, mas não havia sido descoberto em uma tumba até agora, de acordo com os cientistas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários