Restos mortais e oferendas no túmulo
Divulgação/Inrap/Denis Gliksman
Com aproximadamente um ano de idade, o bebê foi enterrado no início do século I.

O túmulo de uma criança, de 2 mil anos de antiguidade , foi descoberto no solo abaixo do aeroporto de Clermont-Ferrand, no centro da França , reportou o Instituto Nacional de Pesquisas Arqueológicas Preventivas (Inrap), nesta quinta-feira (14). 

Com aproximadamente um ano de idade, o bebê foi enterrado no início do século I em um pequeno caixão de madeira que foi localizado "pela presença de vários pregos e de uma placa de ferro ornamental", disse o Inrap em um comunicado.

Ao redor do caixão havia diversos objetos, encarados pelos pesquisadores como oferendas , como peças de açougue que incluíam meio porco, três presuntos e duas galinhas decapitadas, vasos em miniatura e recipientes de vidro, informou o UOL

"Há cerca de 20 vasos aqui, assim como abundantes depósitos de alimentos", disse Laurence Lautier, responsável pelas escavações, à Agence France-Presse .  Isso "reflete um certo status social, uma família certamente muito rica", acrescentou.

Os arqueólogos também encontraram um anel de ferro e uma vareta de metal, um conjunto que existia na época, mas não havia sido descoberto em uma tumba até agora, de acordo com os cientistas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários