Eleito na Geórgia, candidato deixa democratas perto do controle do Senado
O Antagonista
Eleito na Geórgia, candidato deixa democratas perto do controle do Senado

Nas eleições dos Estados Unidosos democratas conquistaram uma das duas vagas em aberto para o Senado que estava em disputa no estado da Geórgia . Assim, acaba ficando na frente em outra concorrência que, leva por enquanto, o presidente eleito Joe Biden a ter controle no Congresso do país.

O partido democrata já tem a maioria em número de políticos na Câmara dos Representantes. Se terminarem essa disputa com a maioria também no Senado, daria poder ao Biden para conseguir aprovações de leis e projetos no Congresso sem a resistência de seus opositores republicanos , que atualmente, tem o maior número de representações na casa.

Segundo os veículos americanos, com 98% das urnas apuradas, a imprensa já considera o candidato democrata Raphael Warnock vencedor da disputa contra republicana Kelly Loeffler. Já a disputa pela outra vaga está entre o democrata Jon Ossoff e o republicano David Perdue que segue em aberto, com uma diferença percentual muito pequena, com vantagem para Ossoff.

Na manhã desta quarta, o candidato democrata até postou em suas redes sociais reivindicando a vitória: "Eu agradeço o povo da Geórgia por me eleger para servi-los no Senado dos Estados Unidos. Agradeço a confiança que vocês colocaram em mim".

Porém, apesar da declaração do candidato, sua vitória ainda não está confirmada. Com o termino da votação, se a diferença entre os candidatos for menor do que 0,5 ponto percentual, poderão solicitar a recontagem de votos . Situação vista entre a disputa de Ossoff e Perdue nesta quarta, eles estavam com uma diferença de 0,4 ponto percentual com 98% das urnas apuradas.

A recontagem de votos também pode ser solicitada pelas autoridades eleitorais caso suspeitem de algum erro ou notem alguma diferença importante nos resultados, como também os candidatos podem pedir essa recontagem seguindo os mesmos princípios.

Nas disputa das eleições presidências de novembro, Biden derrotou Trump na Geórgia com 0,25 ponto percentual, ocasionando a recontagem de votos que confirmou a vitória do presidente eleito.

Cadeiras do Congresso

Até o momento, os democratas ocupam 46 cadeiras no Senado americano e contam ainda com dois candidatos independentes que votam com o partido. Os republicanos, partido de Donald Trump, apresentam a maioria das cadeiras com 50 ao todo. Caso os republicanos vençam uma das disputas contra os democratas na Geórgia, Biden teria minoria ao tomar posse no final do mês de janeiro.

Com a vitória dos democratas nas duas disputas, um empate será decretado no número de cadeiras no Senado. Diante disso, o voto de desempate é de responsabilidade do presidente do Senado, que a partir do dia 20 de janeiro, será a vice-presidente democrata Kamala Harris.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários