Garoto de apenas 13 anos morreu após ser atingido por fogos de artifício
Reprodução
Garoto de apenas 13 anos morreu após ser atingido por fogos de artifício

As celebrações pela  chegada de 2021 ao longo da madrugada desta sexta-feira (1°) na Itália deixaram pelo menos um morto e 79 feridos, sendo que 23 foram hospitalizados, segundo dados fornecidos pela Secretaria de Segurança Pública.

A única vítima até o momento é um garoto de 13 anos, cuja identidade não foi revelada, da cidade de Asti. A morte ocorreu por volta da meia-noite (horário local) após a explosão de uma bateria de fogos de artifício que atingiu seu abdômen.

Apesar da grande quantidade de feridos , os números apontaram uma leve redução no comparativo com o mesmo período de 2019, quando foram contabilizados 204 feridos e um morto por conta das festividades da virada de ano.

Ao todo, o corpo de Bombeiros da Itália realizou 229 intervenções durante a virada do ano. No ano passado, haviam sido feitas 686. A queda está ligada diretamente às medidas restritivas adotadas pelo governo italiano para combater a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Os feridos, em sua maioria por fogos de artifício , foram registrados nas seguintes regiões: Lazio (45), Campânia (40), Puglia (24), Vêneto (19), Lombardia (18), Sicília (17), Ligúria (16).

Ainda segundo dados da Secretaria de Segurança Pública da Itália , 180 pessoas foram denunciadas em relação aos fogos de Réveillon, uma redução em relação ao ano passado quando foram notificados 277 cidadãos. No total, 48 italianos foram presos contra 51 em 2020.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários