Quarta mala foi encontrada em terreno perto de uma rodovia que liga Toscana a Pisa e Livorno
Reprodução
Quarta mala foi encontrada em terreno perto de uma rodovia que liga Toscana a Pisa e Livorno

A polícia de Florença, na Itália, encontrou uma  quarta mala com pedaços de corpo humano em um terreno situado entre a prisão de Sollicciano e uma rodovia que liga a capital da Toscana com as cidades de Pisa e Livorno.

Nos últimos seis dias, as forças de segurança acharam quatro malas contendo pedaços de corpos humanos na mesma área. O caso vem intrigando as autoridades locais.

A polícia recolheu as impressões digitais do primeiro corpo encontrado e descobriu que pertence ao albanês Shpetim Pasho (54 anos), que desapareceu com sua esposa, Teuta (52), em novembro de 2015 na Toscana.

Além disso, uma tatuagem em forma de âncora, com o nome de uma cidade albanesa, foi encontrada no antebraço de Shpetim. A autópsia revelou que ele morreu com uma facada na garganta.

A identidade do segundo corpo , que é de uma mulher, ainda não foi descoberta pela polícia. No entanto, a autópsia constatou que ela foi brutalmente espancada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários