O republicano Donald Trump conseguiu 232 votos do Colégio Eleitoral.
Shealah Craighead/Official White House
O republicano Donald Trump conseguiu 232 votos do Colégio Eleitoral.

Fred Eshelman, gerente financeiro fundador da Eshelman Ventures LLC, está processando um grupo pró-Trump que prometeu investigar e comprovar uma suposta fraude nas eleições presidenciais dos Estados Unidos . As informações foram dadas pela Bloomberg .

Fred Eshelman doou US$ 2,5 milhões (cerca de R$ 13,3 milhões) para a organização True the Vote Inc. Ele diz que não viu as promessas serem cumpridas e, por isso, quer seu dinheiro de volta.

O processo foi aberto na última quarta-feira (25) no tribunal federal de Houston.

Segundo o documento, Eshelman solicitou atualizações sobre o projeto “regular e repetidamente”, mas os pedidos “foram respondidos com respostas vagas, banalidades e promessas vazias”.

Você viu?

A True the Vote Inc., por sua vez, prometia “investigar, abrir processos e expor suspeitas de votação ilegal e fraude nas eleições gerais de 2020”, aponta o documento.

Após o dia da eleição , que ocorreu em 3 de novembro, a organização abriu quatro processos. Todos eles, porém, foram retirados na semana passada.

O grupo informou, através do seu site, que “as barreiras para avançar nos argumentos, juntamente às limitações de tempo, tornaram necessário um caminho diferente”.

A True the Vote Inc. ofereceu um acordo de US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,3 milhões), mas Eshelman manteve o pedido pelo reembolso total da doação.

Para vencer a eleição americana, é necessário obter pelo menos 270 votos do Colégio Eleitoral. O democrata Joe Biden conseguiu 306 votos, enquanto o republicano Donald Trump levou 232. No dia 14 de dezembro, o resultado deverá ser formalizado.

    Leia tudo sobre: donald trump

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários