Embaixadora das Filipinas
Reprodução
Embaixadora das Filipinas é obrigada a deixar o Brasil após agredir empregada

A embaixadora das Filipinas no Brasil, Marichu Mauro, foi convocada de volta ao país da Ásia após ter sido  flagrada por câmeras de segurança agredindo uma empregada doméstica na residência diplomática, em Brasília. A informação foi compartilhada no Twitter pelo secretário de Relações Exteriores do país, Teodoro Locsin Jr.

"A embaixadora das Filipinas no Brasil foi chamada de volta imediatamente para explicar os maus-tratos contra sua equipe", disse Locsin.

Ainda não há confirmação se a embaixadora já deixou o Brasil. O secretário não deixou claro também se ela vai perder o cargo ou se será substituída. Marichu é diplomata de carreira e foi nomeada embaixadora no Brasil em 2018.

Ela também já atuou em cargos na Bélgica e Itália, além de também representar o país asiático junto a Venezuela como embaixadora não residente, assimo como da Guiana, Colômbia e Suriname.

Em nota, o Departamento de Relações Exteriores filipino informou que a doméstica, de 51 anos, deixou a capital brasileira no dia 21 de outubro e também está de volta às Filipinas.

"O DFA está entrando em contato com ela para garantir seu bem-estar e cooperação na investigação. O DFA garante ao público que conduzirá uma investigação rigorosa”, afirmou.

    Veja Também

      Mostrar mais