A Sputnik V é vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Rússia
Foto: Divulgação/SputinikV
A Sputnik V é vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Rússia

A Venezuela recebeu nesta sexta(2) uma remessa vinda da Rússia com um lote da vacina Sputnik V , que combate o Sars-Cov-2, o novo coronavírus. As informações são da agência AFP.

O Ministro da Saúde Carlos Alvarado concedeu uma entrevista coletiva no Aeroporto Internacional de Maiquetía, onde deu detalhes sobre o processo de testes que serão realizados no país.

Segundo o ministro, duas mil pessoas participarão dos testes, que se iniciarão ainda no mês de outubro. Além disso, informou sobre o desejo de produzir a vacina contra a COVID-19 em solo venezuelano.

"Assim que terminar esta fase três, tanto na Rússia quanto na Venezuela, começará o processo de produção em massa", afirmou Alvarado na coletiva.

A vacina russa atualmente está na fase três dos estudos, onde o teste é feito em humanos. Segundo o país europeu, mais de 40 mil voluntários estão sendo vacinados nesta etapa.

No Brasil, o Estado do Paraná firmou um acordo com o governo russo para que os testes clínicos desta vacina fossem realizado no estado do sul do país e em caso de sucesso, produzido e distribuido no Paraná.


    Veja Também

      Mostrar mais