Trump
Reprodução/Facebook
Anúncio foi feito pelo governo de Donald Trump na última quarta-feira (30).

Nas vésperas da eleição presidencial , o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , anunciou uma redução na cota de refugiados que serão admitidos em território americano em 2021. O anúncio foi feito na última quarta-feira (30), um dia após o primeiro debate entre o republicano e Joe Biden.

Com a redução, o número de refugiados permitidos será limitado a 15 mil. Isso significa 3 mil pessoas a menos do que em 2020, quando 18 mil pessoas foram autorizadas a entrar em solo americano. Com isso, a taxa será a menor estabelecida pelo governo nos últimos anos. Durante a administração Obama, cerca de 100 mil refugiados eram recebidos anualmente.

Na contramão, Joe Biden, adversário de Trump nas eleições, promete aumentar a cota para 125 mil refugiados por ano caso seja eleito. O democrata diz que receber pessoas que são alvo de perseguição política condiz com os valores dos EUA.

A campanha de Trump, tentando fazer Biden perder votos, diz que a ideia do democrata permitiria que “pessoas perigosas” entrassem no país. Utilizando o pretexto da pandemia, Trump suspendeu a admissão de refugiados em 2020.

    Leia tudo sobre: Donald Trump

    Veja Também

      Mostrar mais