A enfermeira Breonna Taylor, de 26 anos, foi morta durante abordagem policial.
Reprodução/Facebook
A enfermeira Breonna Taylor, de 26 anos, foi morta durante abordagem policial.

Na noite da última quarta-feira (23), ruas de diferentes estados americanos foram ocupadas por manifestantes que protestavam contra a decisão da Justiça sobre o caso da afro-americana Breonna Taylor .

A enfermeira Breonna Taylor, de 26 anos, foi morta em uma abordagem policial no dia 13 de março. Os agentes foram até a casa dela em um mandado de busca e apreensão de drogas, que era destinado ao ex-namorado da mulher. Nenhum entorpecente foi encontrado.

Taylor e o namorado, Kenneth Walker, estavam dormindo quando ouviram um barulho na porta. Walker reagiu com um disparo e os policiais invadiram a residência atirando cerca de 16 vezes. Durante o tiroteio , Breonna foi atingida e morreu .

Nenhum dos três policiais envolvidos foi acusado diretamente pela morte da enfermeira.

O júri de Kentucky concluiu que os policiais agiram em legítima defesa. Apenas um deles foi indiciado por ação temerária, pois teria colocado a vizinhança de Breonna Taylor em perigo.

Em Louisville , no estado de Kentucky, dois policiais foram baleados e ficaram feridos durante as manifestações desta quarta-feira. Também foram presas 127 pessoas.

O presidente Donald Trump declarou que está rezando pelos dois agentes atingidos e ofereceu ajuda do governo federal ao estado. 

Os protestos se estenderam a outras cidades, como Washington, Nova York, Atlanta, Portland e Seattle. Os manifestantes pedem justiça por Breonna Taylor e que os policiais sejam presos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários