Ibrahim Boubacar Keita, presidente do Mali.
Reprodução/Twitter
Ibrahim Boubacar Keita, presidente do Mali.

Nesta terça-feira (18), o presidente do Mali, Ibrahim Boubacar Keita, e o primeiro-ministro do país, Boubou Cissé, foram presos por soldados amotinados. A mídia internacional trata o ocorrido como uma aparente tentativa de golpe de Estado.

O Mali vinha enfrentando um cenário de instabilidade e crise política. A população encontra-se descontente com o presidente há meses.

O motim teve início em Kati, uma cidade localizada a cerca de 15 km da capital Bamako. Os soldados amotinados assumiram o controle do quartel de Soundiata Keita e, em seguida, foram para a capital em um comboio.

Imagens mostram saques e irrupção popular em Bamako e a mídia estatal foi retirada do ar.

Bamako, capital do Mali.
Reprodução/CNN Brasil
Bamako, capital do Mali.

O paradeiro do presidente e do primeiro-ministro ainda é desconhecido.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários