crianças brincando em ambiente aberto
shutterstock
Ao menos 363 pessoas no acampamento eram crianças e adolescentes


Cerca de 260 pessoas contraíram a Covid-19 no último mês em um acampamento de verão na Geórgia, nos EUA. Entre os infectados estavam 363 crianças e adolescentes , 138 aprendizes e 120 funcionários, grande parte menores de 21 anos.



O Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) informou que há possibilidade de mais pessoas terem se contaminado, já que apenas 58% das pessoas presentes no acampamento foram testadas. O estado norte-americano fez o anúncio sobre o caso apenas nesta sexta-feira (31).

Certas medidas foram tomadas pelo acampamento, como o distanciamento social, higienização das mãos e de superfícies e pouco uso de áreas comuns. Além disso, os funcionários precisaram fazer testes 12 dias antes de iniciarem os trabalhos, e só seriam liberados caso o diagnóstico para o novo coronavírus fosse negativo.

Contudo, as máscaras foram consideradas obrigatórias apenas para os funcionários. As cabanas para dormir eram divididas por 26 pessoas.

A primeira pessoa a apresentar sintomas da Covid-19 foi um adolescente, que foi mandado para casa após sentir calafrios. O teste deu positivo. Após o caso, todas as crianças foram enviadas para casa e as atividades das instalações foram interrompidas.

Setenta e quatro pessoas apresentaram sintomas leves da doença. Outras pessoas não reportaram ou são assintomáticas.

    Veja Também

      Mostrar mais