profissionais com roupas impermeáveis acompanham ambulância
Reprodução/Redes Socias
Casamento e velório ocorreram na Índia, que é um dos países mais impactados pela pandemia do novo coronavírus atualmente


Dois dias após seu casamento, um homem possivelmente infectado por Covid-19 faleceu. Cerca de 111 pessoas que compareceram tanto à cerimônia de matrimônio e o funeral também contraíram a doença .


O casamento aconteceu no último dia 15 e teve 400 convidados. O homem, que tinha 26 anos, apresentava sintomas que correspondiam à doença causada pelo novo coronavírus , como febre e diarreia. 

A vítima chegou a ser hospitalizada, mas foi retirados das instalações por conta de seu casamento. A família deu remédios ao noivo e manteve a data do casamento, mesmo com seu quadro.

Ele faleceu no dia 17, apenas dois dias depois, e seu funeral contou com algumas centenas de pessoas. Cento e onze tiveram seus testes positivos , e os outros convidados foram isolados.

A noiva, que agora está viúva, realizou um teste, que deu negativo. A família do homem está em acompanhamento. No entanto, médicos afirmam que não têm certeza se todos os casos surgidos após as cerimônias foram transmitidas pela mesma pessoa.

A dúvida surge pois o noivo foi cremado com rapidez pela família. Ele nem mesmo chegou a fazer um exame para comprovar que estava com a Covid-19.

A Índia é um dos países que têm sofrido com o aumento da incidência da Covid-19 em seu território. O país tem 17.400 óbitos causados pela doença, além de 585,4 mil casos. Por esse motivo, casamentos podem ter apenas 50 convidados e funerais, 20 pessoas.

    Veja Também

      Mostrar mais