Festa surpresa
Reprodução
Sete pessoas que participaram da festa acabaram infectando parentes ao voltar para casa

Mais um episódio envolvendo diversas infecções por Covid-19 após um evento social ocorreu nos EUA. Depois de 16 pessoas contraírem o vírus ao comemorar o fim da quarentena em um bar , desta vez o caso aconteceu após uma festa surpresa organizada por uma família do Texas e que acabou com 18 parentes testando positivo para a doença.

Em entrevista a rede de TV norte-americana KHOU-TV, Ron Barbosa, que não esteve presente no evento do último dia 30, contou que apenas sete parentes participaram da festa de aniversário de sua nora. Porém, ao retornarem para suas casas, acabaram contaminando as outras 11 com o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Barbosa, que é paramédico voluntário e é casado com uma médica, disse que o casal preferiu não participar do evento por questões de saúde e segurança. Agora, se diz preocupado com os parentes que foram infectados, principalmente com seus pais, que tiveram que ser hospitalizados por causa dos sintomas.

"Quando os primeiros começaram a apresentar os sintomas, nós sabíamos que todos acabariam testando positivo para a doença. Estamos muito preocupados com tudo o que tem acontecido", afirmou Barbosa.

Ao todo, 25 pessoas estiveram na festa de aniversário que foi promovida por um dos sobrinhos de Ron. Segundo ele, foi exatamente o dono da casa o responsável pelo início da contaminação na família: "ele estava com tosse, mas não associou ao vírus. Achou que era apenas resultado de seu trabalho na construção civil".

Ainda de acordo com ele, a festa durou poucas horas, mas foi suficiente para infectar boa parte da família: "após o evento, alguns dos participantes acabaram se encontrando em outros lugares, até mesmo para uma partida de golfe. Isso só aumentou a disseminação".

Segundo Bob, duas crianças pequenas, dois idosos, sua filha Kathy, que está enfrentando um câncer de mama, e seus pais, Frank e Carole, ambos com mais de 80 anos, estão entre os infectados pela Covid-19 . A pior situação é a de sua mãe, que está internada desde o dia 13 de junho e precisou ser encaminhada para a UTI no último dia 17.

    Veja Também

      Mostrar mais