Trump
Reprodução/Redes Socias
Após aumento no número de casos e mortes, presidente enfrenta desaprovação da população

Dias após retomar seus compromissos de campanha para as eleições de 2020, o  presidente norte-americano Donald Trump enfrenta um novo problema pelo caminho: em pesquisa recente, a avaliação da população sobre seu trabalho no combate à pandemia do Covid-19 atingiu o menor nível já registrado.

Segundo informações da Reuters, o resultado da pesquisa de opinião conduzida pela agência junto com a Ipsos se deve principalmente pelo aumento no número de casos do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no país após a reabertura acelerada que diversos estados do país fizeram nos últimos dias.

Outro ponto que pesou contra o presidente foi a declaração dada por ele durante o comício realizado na cidade de Tulsa, no estado de Oklahoma, na última semana. Ao falar sobre os números da doença no país, Trump disse que gostaria de diminuir os testes realizados , evitando assim que o número de casos crescesse ainda mais.

Na pesquisa, realizada entre os dias 22 e 23 de junho e que ouviu 1.115 pessoas, 37% dos entrevistados disseram aprovar a atuação de Trump no combate ao vírus, o que representa o patamar mais baixo desde o início das análises realizadas pela agência. Por outro lado, o total de desaprovação foi de 58%.

Outro ponto de desaprovação do presidente é o fato de que ele demorou para reconhecer publicamente a gravidade da situação do novo coronavírus no país. Segundo os críticos, a passividade de Trump no início da pandemia e a pressão por uma reabertura precoce custaram muitas vidas, o que costuma ser um ponto decisivo nas eleições.

Recentemente, identificou-se aumento de 25% nos casos de Covid-19 em todo o país e a quebra de recordes  em alguns estados, como Texas, Arizona e Flórida, que viram os totais de infectados se elevarem dia após dia. Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, os EUA somam 2.348.956 casos confirmados e 121.279 mortes.

    Veja Também

      Mostrar mais