Trump
Spencer Platt/Getty Images
O presidente dos Estados Unidos Donald Trump


O Twitter voltou a colocar um aviso de informação " manipulada " em uma postagem do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , que está em guerra aberta contra a rede social.


A montagem se baseia em um vídeo que mostra dois meninos, um negro e outro branco, se abraçando e conversando. O post de Trump sugere que a rede CNN , seu principal alvo na imprensa, cobriria o encontro da seguinte forma: "Criança aterrorizada foge de bebê racista" e "Bebê racista provavelmente é eleitor de Trump".

O vídeo é encerrado com os dizeres: "A América não é o problema. Notícias falsas, sim. Se você vir algo, diga algo". O Twitter assinalou a postagem com o aviso de " mídia manipulada ".

No mês de maio, a empresa já havia alertado para "informação enganosa" e "enaltecimento à violência" em mensagens de Trump, o que fez o presidente assinar uma ordem executiva que torna as redes sociais passíveis de responsabilização pelos conteúdos publicados.

Além do Twitter, o Facebook também removeu anúncios da campanha do republicano que exibiam um triângulo vermelho invertido, símbolo associado aos campos de concentração nazistas, para se referir aos protestos contra a violência policial nos EUA.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários