Bolsonaro
Reprodução
Desde o início de sua gestão, Bolsonaro sinalizou apoio a Israel.

Em apoio a Israel, o Brasil votou contra uma resolução da  Organização das Nações Unidas (ONU) que condevava os israelenses por suas políticas na Palestina. O voto do Brasil foi anunciado nesta sexta-feira (19) durante reunião do Conselho de Direitos Humanos da ONU em Genebra, na Suíça. A informação foi dada pelo jornalista Jamil Chade, do UOL. 

Mesmo sem o apoio do governo brasileiro, a resolução foi aprovada com 22 votos a favor e oitro votos contrários. O Brasil foi o único país sul-americano do Conselho a votar contra a medida.A resolução diz que os responsáveis por crimes devem ser levados à Justiça e reconhece o papel e a importância do Tribunal Penal Internacional.

Outros pontos levantados pela resolução são a intimidação contra pessoas e entidades defensoras dos direitos humanos e a abertura de um exame preliminar sobre crimes cometidos no conflito entre Israel e a Palestina.

A mudança de postura da diplomacia brasileira em votações da ONU é característica da gestão de Bolsonaro que, desde seu início, deus indícios de que buscaria se alinhar com Israel. 

    Veja Também

      Mostrar mais