Oluwatoyin Salau
Reprodução/Twitter
Oluwatoyin Salau estava desaparecida desde o dia 6 de junho.

A ativista do movimento Black Lives Matter  Oluwatoyin Salau foi encontra morta na cidade de Tallahasse, capital do estado da Flórida, nos Estados Unidos . Ela estava desaparecida desde o último dia 6. O corpo da ativista foi encontrado ao lado do cadáver de uma senhora de 75 anos. 

Leia também:

Os policiais que encontraram o corpo de Salau também prenderam o suspeito de ter cometido o crime: Aaron Glee Jr., de 49 anos e que havia se envolvido em um crime no dia 30 de maio, pelo qual foi acusado de lesão corporal grave.

Em alguns tuítes publicados no dia 6 de junho, a ativista disse que havia sido assediada por um homem na rua. O sujeito teria oferecido carona até uma igreja na qual Salau estava se refugiando.

    Veja Também

      Mostrar mais