EUA Covid-19
William Volcov/Brazil Photo Press/Agencia O Globo
EUA seguem sendo o país mais atingido pela doença, agora seguido por Brasil e Rússia

Nesta sexta-feira (29), a pandemia do Covid-19 atingiu mais um patamar alarmante: agora, já são mais de 6 milhões de casos confirmados da doença em todo o planeta. Estados Unidos (EUA), Brasil e Rússia seguem ocupando as três primeiras posições no ranking de países mais atingidos e que sustentam a atual tendência de alta.

Leia também: Youtubers que atacam STF foram recebidos por Bolsonaro dias antes de operação

Segundo informações do site Worldometers, que agrupa os dados divulgados pelos países sobre o combate ao novo coronavírus (Sars-CoV-2), os EUA seguem com uma média de 20 mil novos casos diários e se aproximam da marca de 1,8 milhão de infectados . Nesta quinta-feira (28), o país ultrapassou a soma de 100 mil mortes causadas pela doença .

O Brasil , que  ultrapassou a Rússia e aparece na segunda posição, viu o número de novos casos diários subir nos últimos dias, atingindo o patamar de mais de 26 mil apenas nesta quinta-feira , e se aproxima de um total no país de 470 mil infectados.

Leia também: Covid-19: aos gritos, deputado bolsonarista invade hospital de campanha no Rio

Terceira colocada entre os mais atingidos, a Rússia soma quase 390 mil casos confirmados de Covid-19 . Entretanto, segue com patamar baixo de morte, com pouco mais de 4 mil, o que tem gerado críticas da comunidade internacional e fez o governo revisar alguns valores .

Apesar de estarem distantes do topo, Índia , Irã e Peru são outros três países que apresentaram alta nos números recentemente. Se aproximando de 175 mil casos, os indianos ocupam o 9º lugar no ranking, enquanto iranianos aparecem em 11º, com os peruanos logo atrás (12º). Inclusive, o aumento no país sul-americano, alido ao momento vivido pelo Brasil, fez com que a  América Latina  fosse apontada como o mais novo epicentro do novo coronavírus.

Tendência de queda

Enquanto outros países passaram a assumir o protagonismo no combate ao vírus, Espanha , Itália , França e Alemanha já ensaiam reaberturas mais fortes para a retomada da normalidade após a implementação de regras de isolamento e do controle do crescimento da doença.

Leia também: “Queria meu lugar”, diz Joice após Carlos postar vídeo dela apalpada por homem

Nos últimos dias, todos registraram números de novos casos abaixo de mil. O único ponto 'fora da curva', além do Reino Unido - que segue com uma taxa média de pouco mais de 2 mil casos diários -, foi nesta última quinta-feira na França, quando o país teve 3.325 casos de Covid-19 em 24 horas.

    Veja Também

      Mostrar mais