Região Sudeste é a mais afetada pelo Covid-19 no Brasil
Edilson Dantas / Agência O Globo
Região Sudeste é a mais afetada pelo Covid-19 no Brasil

O Ministério da Saúde atualizou os dados sobre a pandemia da  Covid-19  no Brasil nesta quinta-feira (28). Agora, segundo a pasta, subiu para 26.754 o número de mortes pela doença, sendo 1.156 novos registros e um novo recorde em 24 horas. A alta corresponde a um crescimento de 4,5%. Desses 1.156 óbitos, 539 foram nos últimos três dias. 

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, os novos casos confirmados de contaminação pelo  novo coronavírus  (Sars-CoV-2) no Brasil são 26.417, totalizando 438.238. O aumento foi de 6,4%. Já a taxa de letalidade passou de 6,2% para 6,1%.

No levantamento da pasta desta quarta, o número de óbitos chegou a 25.598, com 1.086 novos registros. Já a quantidade de pessoas com a Covid-19 saltou para mais de 411.821, sendo que o aumento foi de 20.599.

Leia também: Covid-19: Estados Unidos alcançam a marca de 100 mil mortos

São Paulo continua sendo o estado que tem mais mortes, com 6.980 das 26.754 ocorrências. A letalidade é de 7,3% no estado. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 4.856 mortes e letalidade de 10,8%.

Você viu?

No quadro de casos confirmados, São Paulo também lidera a lista. O estado tem 95.856 pessoas infectadas pelo novo coronavírus . Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 44.886 vítimas de contaminação, sendo seguido por Ceará (37.821), Amazonas (36.146) e Pará (33.699).

Tabela de mortes e casos confirmados de Covid-19 no Brasil
Divulgação/Ministério da Saúde
Tabela de mortes e casos confirmados de Covid-19 no Brasil

O estado menos afetado é o Mato Grosso do Sul, que tem 18 registros de óbitos e 1.262 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

Leia também: Apreensão de cloroquina gera temor de que remédio seja contrabandeado

Segundo o Ministério da Saúde, 233.880 pacientes com Covid-19 estão em acompanhamento, 177.604 estão recuperados e 4.211 óbitos ainda estão em investigação.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários