Ile de France, Mayotte e Guiana são únicas regiões da França que estão na zona alaranjada
Reprodução
Ile de France, Mayotte e Guiana são únicas regiões da França que estão na zona alaranjada


O primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, informou hoje, 28, que bares e restaurantes poderão retomar suas atividades no país a partir do dia 2 de junho. No entanto, somente estabelecimentos localizados nas zonas verdes da França podem funcionar, porém com restrições.

Leia também: Alemanha prorroga medidas de distanciamento social até 29 de junho

Os restaurantes e bares localizados nas zonas alaranjadas poderão receber fregueses apenas em suas áreas externas. Apenas Ile de France, Mayotte e Guiana estão nesses espaços, enquanto o restante do país está liberado.

Você viu?

Segundo o primeiro-ministro, os bares e restaurantes fazem parte do modo de vida francês, além de serem essenciais para a economia e a geração de empregos. Os serviços foram interrompidos no dia 14 de março.

Orientações de funcionamento

Estabelecimentos localizados na zona verde do país (ou seja, onde a pandemia do novo coronavírus está controlada), haverá uma capacidade máxima de 10 pessoas por mesa. Máscaras precisam ser utilizadas por funcionários. As mesas devem ter espaçamento de um metro entre si.

Leia também: Após a França, Itália também proíbe uso da cloroquina para tratar Covid-19

Para evitar circulação de pessoas, clientes só devem se levantar quando for extremamente necessário (para ir ao banheiro, por exemplo) e, quando assim fizerem, precisam usar máscaras de proteção.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários