testes para covid-19
ROCHE LABS/DIVULGAÇÃO
Mulher que levou Covid-19 para Alemanha foi responsável por 16 outros contágios


Um estudo realizado na Alemanha conseguiu identificar quem foi a primeira pessoa infectada pela Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus , em seu território. Trata-se de uma mulher que veio de Xangai para uma reunião empresarial.

No entanto, na semana que precedeu a viagem, a paciente zero foi visitada pelos pais, que moram em Wuhan, na China. Este foi o primeiro território em que o novo coronavírus começou a aparecer.

Leia também: Contágio por Covid-19 na Alemanha pode ser 10 vezes maior que números oficiais

A revista Lancet publicou o detalhamento do estudo, e afirma que os primeiros 16 casos na Alemanha se desenvolveram a partir de contato com a paciente zero. Todas as vítimas se recuperam.

A mulher chegou à Alemanha no dia 19 de janeiro e já estava contaminada, apesar de não ter sido diagnosticada com o novo coronavírus . Ela tinha como destino o estado da Baviera, no sudeste do país.

Leia também: Merkel desaconselha que alemães passem férias em outros países

Mas o contágio aconteceu em Stockdork, próximo a Munique, na sede da Webasto, uma empresa de tetos solares.

Os sintomas começaram a se manifestar ao decorrer de uma semana. Ela só foi diagnosticada no dia 26, já estava na China e entrou em contato com a empresa.

Leia também: Alemanha faz progressos à medida que Estados assumem lockdown

Mesmo tendo chegado a boas conclusões, os cientistas teve certas complicações para conseguir estabelecer a teia de contágio.

Os pacientes 4 e 5 da Covid-19 , por exemplo, estavam de costas um para o outro em um refeitório da empresa, quando um passou o saleiro ao outro, o que pode ter intensificado o nível de contágio .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários