O vazamento de um banco de dados de uma universidade chinesa sugere que o número de casos de Covid-19 no país seja maior do que o governo tem divulgado. Ao que parece, a China contabiliza 640 mil e não 80 mil infectados. 

Leia também: Covid-19 é identificada no maior campo de refugiados do mundo

Pessoas em fila%2C em Wuham%2C na China
Xinhua
Pessoas em fila, em Wuham, na China

Leia também: Lockdown em São Paulo está sendo avaliado, diz comitê do Covid-19

Apesar de não corroborar diretamente a informação vazada, o Partido Comunista, que governa a China , vetou a ida de cientistas norte-americanos ao país para estudar a Covid-19 , o que levantou suspeitas. 

Leia também: De cada 10 testes para Covid-19 feitos no estado de São Paulo, 6 deram positivo

Para piorar, conspirações de que a China está escondendo a verdadeira escala do surto ganharam força na semana passada, quando a mídia estatal aumentou repentinamente o número de mortes por Covid-19 , em Wuhan, em 50%.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários