Em coletiva realizada nesta quarta-feira (13) no palácio dos Bandeirantes, o coordenador do comitê do Covid-19 em São Paulo, Dimas Covas, afirmou que a possibilidade de decretar lockdown em São Paulo não está descartada. Segundo o médico, três critérios estão sendo avaliados: ocupação dos leitos, taxa de contágio e índice de isolamento social.

Veja também: Em ligação, Doria cobra ministro da Saúde sobre respiradores

Índice de isolamento em São Paulo está longe dos 70%, considerado número ideal
Rovena Rosa/Agência Brasil
Índice de isolamento em São Paulo está longe dos 70%, considerado número ideal

"O primeiro criterio é a taxa de ocupação dos leitos de UTI. Quanto essa taxa ultrapassa 90%, liga-se a bandeira amarela. Com 100%, o sistema começa a entrar em crise. A segunda variavel importante é a taxa de transmissão. Enquando a taxa for superior a um, a pandemia vai progredir", disse.

"Nós estamos própximos de 90% [de ocupação dos leitos] e a taxa é superior a um, então estamos reunindo critérios, principalmente na região metropolitana, para começar a considerar essa possibilidade", continuou  Dimas Covas.

A taxa de isolamento social no estado de São Paulo e na capital registrou nova queda. Segundo dados do governo, no estado, o índice ficou em 47,2%. Na capital, foi de 48,4%.

Leia mais: Baixada Santista terá 350 novos leitos para pacientes de Covid-19



    Veja Também

      Mostrar mais