África do Sul é, até o momento, o país africano mais afetado pela pandemia
Fotos públicas/reprodução
África do Sul é, até o momento, o país africano mais afetado pela pandemia

África do Sul recebeu, nesta segunda-feira (27), o reforço de mais de 200 profissionais da saúde vindos de Cuba para enfrentar a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no país.

Veja também: Covid-19: Boris Johnson diz que reabrir Reino Unido é muito arriscado

A delegação cubana inclui epidemiologistas, especialistas em saúde pública, clínicos gerais e técnicos de suprimentos médicos que, segundo a presidência sul-africana, “vão ajudar nos esforços já mobilizados na África do Sul contra a disseminação da Covid-19. "

A África do Sul é, até o momento, o país do continente africano mais afetado pela pandemia. De acordo com o último boletim oficial, o país registrou mais de 4.500 infectados e 87 óbitos.

Leia mais: Em meio à Covid-19, hospital oferece curso de preparação para o parto na web

O país, que adota medidas de confinamento desde 27 de março, deve começar a retomar a normalidade gradualmente a partir de 1º de maio, segundo o presidente Cyril Ramaphosa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários