Nesta segunda-feira (20), a Noruega reabriu as creches e pré-escolas após cinco semanas de confinamento parcial para as crianças. O afrouxamento das restrições foi justificado com base em dois aspectos: saúde e economia.

Leia também: Seis pessoas morrem de Covid-19 após irem ao mesmo funeral

Erna%2C primeira-ministra da Noruega
Reprodução
Erna, primeira-ministra da Noruega

Na última semana, a primeira-ministra da Noruega , Erna Solberg, deu uma entrevista coletiva voltada exclusivamente para as crianças e admitiu que devido à Covid-19 , "ainda vai demorar um pouco até que a vida volte ao normal".

Leia também: Covid-19: isolamento social tem queda brusca em São Paulo

Enquanto isso, em Hubei, província chinesa considerada o epicentro inicial da pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2), as escolas de ensino médio estão previstas para reabrir em 6 de maio.

Leia também: Covid-19 lançará mais 5,4 milhões de brasileiros na extrema pobreza, diz estudo

Escolas e universidades chinesas foram fechadas em janeiro. Muitas cidades, no entanto, já reabriram os centros de ensino, em especial para os alunos no último ano de estudos. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários