Segundo um levantamento da In Loco, startup brasileira que criou o Índice de Isolamento Social, a média de pessoas que estão permanecendo em casa em São Paulo atingiu a menor taxa (46,2%) desde de 20 de março, quando não havia decreto de quarentena no País. 

Leia também: Covid-19: autópsia de vítimas mostra "agressividade impressionante" do vírus

São Paulo
Agência Brasil
São Paulo

Leia também: Seis pessoas morrem de Covid-19 após irem ao mesmo funeral

Ao longo da semana, o índice oscilou bastante acima e abaixo do 50%. Porém, ficou claro que a adesão ao isolamento social estava caindo paulatinamente. De 23 a 29 de março, o índice apontava que 57,1% estavam em casa; de 30 a 05 de abril, o número caiu para 53,2%; já de 06 a 12 de abril o dado aponta 52,3%.

Leia também: No Brasil, ritmo de mortes por Covid-19 segue trilha dos países mais atingidos

Esse monitoramento ainda não está sendo feito nacionalmente, por decisão do presidente Jair Bolsonaro , mas acontece no estado de São Paulo, por exemplo, em parceria com Claro, TIM, Oi e Vivo. Os dados não são divulgados publicamente, ficam disponíveis em centrais de controle.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários