Mortes voltaram a subir na Espanha nesta terça
Reprodução/Twitter
Mortes voltaram a subir na Espanha nesta terça

Após seguidos dias de quedas nos números de mortes diárias causadas pelo Covid-19, o que fazia a população acreditar que o pico da doença poderia já ter sido atingido, a Espanha voltou a registrar alta nesta terça-feira (7).

Leia também: "Nós vamos continuar", diz Mandetta após quase ser demitido por Bolsonaro

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde do país, 743 pessoas morreram nas últimas 24 horas, elevando o total para 13.798. No mundo, o total de óbitos se aproxima da marca de 76 mil, com a Itália reunindo mais de 16,5 mil desses casos, e mais de 1,360 milhão de casos confimados da doença, sendo que os EUA ainda aparecem como epicentro da doença, registrando 367 mil dessas infecções.

Ainda de acordo com o ministério espanhol, o número de casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) também teve leve alta e somou 5.478. Apesar disso, o dado é positivo quando comparado com a última terça, mostrando uma redução de quase 4 mil, uma vez que no último dia 31 foram 9.222 novos casos.

Além disso, segundo integrantes da pasta, a alta pode ser enganosa porque se refere aos dados do final de semana, que tendem a ser confirmados apenas alguns dias depois. Assim, o aumento seria explicado por essas discrepâncias nos registros.

Leia também: Mandetta se recusa a assinar decreto para liberar cloroquina

A estabilização da doença, que também começa a desafogar o serviço de saúde, permite ao governo da Espanha começar a pensar em reduzir o confinamento no país de forma gradativa. Nesta terça, haverá uma reunião para tratar sobre o tema e definir quais setores econômicos poderão voltar a suas atividades normais já na próxima segunda-feira caso o cenário de queda se mantenha.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários