Wuhan arrow-options
Reprodução
Moradores registra população nas ruas da cidade após fim da quarentena

Epicentro da pandemia do Covid-19, a cidade de Wuhan, localizada na província de Hubei, começa a "voltar à vida" após o período de quarentena que paralisou toda a China.

Leia também: Covid-19: Espanha ultrapassa Itália em número de casos; isolamento é prorrogado

Vídeos compartilhados nas redes sociais nesta sexta-feira (3)mostram a população de Wuhan nas ruas, seja caminhando, andando de bicicleta ou em automóveis, dando sinais de que a cidade está realmente voltando, mesmo que devagar, a recuperar o ritmo normal de vida.

Pablo Díez, correspondente da rede espanhola ABC que recentemente registrou sua saga para conseguir chegar na cidade, compartilhou imagens de alguns pontos de Wuhan, como a ponte de Yingwuzhou , já com certa movimentação.

Entretanto, mesmo com toda a expectativa de normalidade, a China enfrenta o temor de uma possível "segunda onda" do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no país. A causa seria o crescente número de casos confirmados da doença de pessoas que chegaram de outros países e também de pacientes assintomáticos, que estão infectados pelo vírus e não apresentam sintomas.

Leia também: Com apenas 20 pacientes, navio-hospital é criticado nos EUA: "grande piada"

Inclusive, o condado de Jia, localizado na província de Henan , entrou em isolamento na última quarta-feira após os casos na região crescerem. Com isso, ninguém pode sair de casa para trabalhar ou viajar para fora do condado sem autorização.

    Veja Também

      Mostrar mais