Papa Francisco coronavírus
Reprodução
Papa Francisco esteve resfriado, mas teste de coronavírus deu negativo

O papa Francisco afirmou ter pedido a Deus para interromper a pandemia do novo coronavírus (COVID-19). "Pedi ao Senhor para parar a epidemia: 'pare com a sua mão'. Rezei para isso", disse o líder católico, falando sobre sua peregrinação do último fim de semana pelas ruas de Roma.

Leia também: Pelo menos 19 idosos morrem com novo coronavírus em casa de repouso na Espanha

A declaração foi dada em entrevista ao jornal italiano La Repubblica , dias após o Pontífice ter saído a pé pelas ruas de Roma para rezar pelo fim da pandemia do coronavírus . Ele tamvém incentivou as pessoas a "não desperdiçarem" este momento de dificuldade.

"Nestes dias difíceis, podemos reencontrar os pequenos gestos concretos de proximidade em relação às pessoas que estão mais próximas a nós, um carinho nos avós, um beijo nas crianças. São gestos importantes, decisivos. Se vivermos esses dias assim, eles não serão desperdiçados", disse o Papa .

Leia também: Em vídeo, médico diz que coronavírus não é letal porque "Deus não quis"

Até o momento, a Itália já contabiliza 31,5 mil casos do novo coronavírus e 2,5 mil mortes. No mundo há mais de 204 mil casos confirmados da doença e 8.243 mortes registradas

    Leia tudo sobre:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários