Feminicídio
Reprodução
Naim e sua noiva, Brenda

Naim Vera confessou para parentes ter matado sua noiva, Brenda Micaela Gordillo, no último domingo (1º) em um sobrado onde moravam na cidade de Catarmarca, na Argentina. A família encaminhou o jovem para a polícia, que classificou o caso como homicídio agravado por feminicídio . Naim está preso e à disposição da Justiça.

Leia também: Filha de vítima de feminicídio é morta por namorado na Argentina

O motivo para o assassinato ainda não foi descoberto. Naim afirmou para a polícia que a  noiva teria caído da escada. As investigações, no entanto, revelaram que ele asfixiou Brenda com um pano até matá-la, depois tentou se livrar das provas. 

Ele esquartejou e tentou queimar o corpo da mulher em uma churrasqueira, mas a lenha não foi suficiente. Naim jogou os restos mortais da noiva em duas lixeiras diferentes, em uma estrada. Ele chegou a voltar para casa na tentativa de limpar a cena do crime.

A autópsia divulgado pelo jornal local El Ancasti mostra que Brenda teve marcas no antebraço, indicando que ela tentou lutar contra a agressão. Pedaços do pano utilizado para sufocá-la também foram encontrados dentro da garganta. Fios de cabelo e pingos de sangue foram achados na churrasqueira e pela casa. Câmeras de segurança também flagram Naim deixando caixas com os restos mortais nas lixeiras.

Leia também: Avô é preso suspeito de agredir neto de 6 anos que morava com ele

Durante a audiência de Naim, um homem o atacou. Amigos, parentes e vizinhos da noiva realizaram protestos na cidade onde ela morava pedindo justiça. "Brenda precisa de justiça, precisamos todos, Catamarca e o país. Se não há justiça, não há nada", afirmou o irmão da vítima ao jornal argentino  Perfil .


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários