Presidente da China, Xi Jinping
Creative Commons
Presidente da China, Xi Jinping

Um documento divulgado no último sábado (15) pelo jornal do Partido Comunista chinês revela que o presidente da China, Xi Jinping, soube do coronavírus, no mínimo, no dia 7 de janeiro, quando fez um pronunciamento apenas para autoridades chinesas sobre como lidar com a doença. A enfermidade só foi divulgada publicamente no dia 20 janeiro, 13 dias após o presidente já ter informações sobre o problema de saúde pública vivido pelo país.

Leia também: Com bandeira da China no perfil, Frota ataca Eduardo Bolsonaro: "só piora crise"

O documento mostra que Xi Jinping esteve desde o começo no comando de ações contra o coronavírus , dando orientações sobre a doença e determinando o isolamento das cidades mais afetadas. 

Antes dessa informação ser divulgada, acreditava-se que quem estava sobre o comando da doença era o então prefeito de Wuhan , cidade onde a epidemia surgiu, Zhou Xianwang. Ele renunciou de seu cargo no dia 27 de janeiro, sete dias após o presidente divulgar o surto publicamente.

O ex-prefeito Zhou Xianwang admitiu ter escondido informações sobre o coronavírus. A revelação sobre Xi Jinping , no entanto,indica que ele e os principais líderes do país já sabiam sobre a gravidade da crise também e esconderam a informação.

Leia também: Aviões retiram norte-americanos de navio com casos de coronavírus

O período de duas semanas, entre 7 e 20 de janeiro, em que o surto não foi anunciado é considerado vital para a administração de uma doença de nível global como o coronavírus . Até o momento, a enfermidade matou cerca de 1.800 pessoas e infectou outras 70 mil apenas na China.


    Veja Também

      Mostrar mais