Carta de renúncia foi apresentada por Goncharuk depois da divulgação do áudio
Reprodução
Carta de renúncia foi apresentada por Goncharuk depois da divulgação do áudio

O primeiro-ministro da Ucrânia , Oleksiy Goncharuk , apresentou nesta sexta-feira (17) sua renúncia , após uma gravação de áudio sugerir que ele fez críticas contra o presidente Volodymyr Zelensky .

Entretanto, o mandatário ucraniano rejeitou a demissão apresentada pelo premier. "Decidi dar uma chance a você e seu governo", disse Zelensky, alegando que "não é hora de sacudir o país econômica e politicamente".

Leia também: Ucrânia diz que Irã pediu desculpas e promete punição por avião abatido

A carta de renúncia foi apresentada por Goncharuk depois da divulgação de um áudio no qual teria criticado a falta de experiência do presidente da Ucrânia no contexto político e econômico.

Você viu?

A conversa gravada teria aparentemente ocorrido durante uma reunião entre o premier, o ministro das Finanças e o Banco Nacional da Ucrânia (NBU) realizada em dezembro passado.

Leia também: Manifestantes exigem renúncia de líderes do Irã em 2º dia de protestos

Em uma publicação no Facebook, Goncharuk, por sua vez, se defendeu. "Seus conteúdos criados artificialmente criam a impressão de que minha equipe e eu não respeitamos o presidente, que é nosso líder político", escreveu.

"Isso não é verdade. Eu assumi esse papel para executar o programa", acrescentou o primeiro-ministro, apesar de não revelar se a voz gravada é sua.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários