Debate foi marcado por discussões sobre guerras e questões de gênero
Reprodução/CNN
Debate foi marcado por discussões sobre guerras e questões de gênero

O sétimo debate entre os candidatos democratas à presidência dos Estados Unidos, realizado na noite desta terça-feira (14), foi marcado por um conflito entre Bernie Sanders e Elizabeth Warren, após o senador negar que disse que nenhuma mulher conseguiria vencer as eleições.

Leia também: Presidente do Irã rejeita novo acordo nuclear e diz que Trump "quebra promessas"

A declaração de Sanders teria sido feita durante uma reunião privada com Warren em 2018. "Eu disse que achava que uma mulher podia ganhar, ele discordou", disse ela. "Na verdade, não disse isso e não quero passar muito tempo nisto porque talvez seja isto que Donald Trump, e talvez a imprensa, queiram", negou Bernie Sanders . Elizabeth Warren , no entanto, rebateu o senador dizendo que a discussão sobre a possibilidade de uma mulher derrotar Trump ou não em 2020 dever ser "encarada de frente".

Você viu?

A polêmica ainda resultou em questões de igualdade de gênero e feminismo. A tensão foi elevada, sobretudo, quando no final a senadora se recusou a cumprimentar a mão do democrata.

Durante o último debate antes do caucus - espécie de assembleia na qual os democratas escolhem seu candidato – em Iowa, no próximo dia 3 de fevereiro, a política externa foi um dos principais temas em questão, principalmente à respeito das tropas americanas espalhadas pelo mundo, em meio a tensão entre os EUA e o Irã, após a morte do general Qassem Soleimani.

"Como Nação temos que enfrentar o fato de que os dois maiores desastres desta era na política externa - a Guerra de Vietnã e a Guerra do Iraque - estavam baseados em mentiras", afirmou Sanders. O senador progressista ainda advertiu que a atual tensão com o governo iraniano pode desencadear outro conflito.

Leia também: EUA anunciam novas sanções contra políticos da Venezuela

No debate, o ex-vice-presidente Joe Biden , que é o favorito em nível nacional, lembrou que foi no governo de Barack Obama que o acordo nuclear com o Irã foi firmado. O ex-prefeito de South Bend Pete Buttigieg, por sua vez, ressaltou que sua experiência como veterano no Afeganistão vai ajudá-lo na Casa Branca . Já o magnata Tom Steyer defendeu o meio ambiente, enquanto que a senadora Amy Klobuchar ressaltou sua vivência no Congresso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários