Militares iranianos criticaram postura de Trump e duvidaram de suas ameaças
Agência Brasil
Militares iranianos criticaram postura de Trump e duvidaram de suas ameaças

Neste domingo (5), alguns militares do Exército do Irã utilizaram as redes sociais para responder as recentes ameaças feitas pelo presidente norte-americano Donald Trump, que disse ter  52 alvos para lançar ataques caso os iranianos resolvam retaliar o país pela morte do general Qassem Soleimani.

Leia também: Corpo do general Soleimani chega ao Irã e cortejo é acompanhado por multidão

Nas publicações, o tom utilizado foi de questionamento sobre a veracidade de um possível ataque por parte de Trump . "Dizem esse tipo de coisa para desviar a atenção da opinião pública mundial de seus atos odiosos e injustificáveis, mas duvido que tenham coragem", disse o general Abdolrahim Musavi, de acordo com a agência iraniana Irna.

Já o ministro das Comunicações e Tecnologia da Informação do país, Mohammad Javad Azari-Jahromi, usou seu Twitter para comparar Trump com Hitler e o ISIS, afirmando que o presidente é um " terrorista de terno" e que aprenderá muito em breve que "ninguém pode derrotar a cultura e a grande nação iraniana".

Você viu?

As críticas acontecem após Trump dizer que os EUA têm 52 alvos definidos para ataque caso sejam alvo da vingança dos iranianos pela morte de Soleimani . Em uma sequência de tuítes,  Trump afirma que o "Irã está falando muito ousadamente sobre alvejar certos alvos dos EUA como vingança por livrarmos o mundo de seu líder terrorista [referência a Suleimani] que acabara de matar um americano e ferir gravemente muitos outros", declarou.

Leia também: Base militar dos EUA é alvo de ataque no Iraque; confira fotos

"Se o Irã atingir qualquer americano , ou alvos americanos, teremos como alvo 52 locais iranianos,  alguns deles de alto valor e importantes para o Irã e para a cultura iraniana", afirmou Trump . "Esses alvos e o próprio Irã serão atingidos com muita rapidez e muita força . Os Estados Unidos não querem mais ameaças".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários