Tamanho do texto

"Obrigado pela oportunidade de me deixar roubar sua encomenda; gentileza sua", escreveu o ladrão, que ainda assinou como o "novo dono do pacote"

Bilhete arrow-options
Reprodução/Twitter
No bilhete, ladrão ainda fez piada ao assinar: "novo dono do seu pacote"

Uma situação inusitada aconteceu com uma moradora da cidade de St. Paul, no estado norte-americano de Minnesota, no último final de semana. Ao chegar em casa do trabalho, ela descobriu um bilhete de agradecimento deixado por um ladrão no local em que sua encomenda deveria estar.

Leia também: Perícia acha rastro de destruição deixado por militares onde músico foi fuzilado

Segundo informações da Fox News, Hilary Smith, foi informada pela empresa de entregas que o pacote fora deixado em sua residência. Porém, ao chegar no local, descobriu  que um ladrão havia levado o produto e ainda fez piada com a situação.

"Só um pequeno agradecimento por dar a oportunidade de roubar seu pacote . Foi muito gentil de sua parte. Muito obrigado. Assinado: o novo dono da sua encomenda ", dizia o texto deixado na porta da residência.

Uma foto do bilhete foi compartilhada pelo Departamento de Polícia de St. Pauli nas redes sociais com dicas de segurança para os moradores, principalmente nesta época de final de ano, em que o número de encomendas feitas pela internet aumenta consideravelmente.

"É algo que eu nunca havia visto e que não sei como podemos tentar resolver. É uma situação completamente inusitada", disse o sargento Mike Ernster à Fox News.

Em entrevista, Smith disse que o pacote se tratava de um carregador portátil para celular que ela daria ao chefe. Por este motivo, acabou não prestando queixa sobre o ocorrido: "não conseguia acreditar no que estava lendo. Fiquei pasma com a audácia e arrogância do ladrão. Gosto de receber bilhetes de agradecimento, mas isso foi ridículo".

Leia também: Datafolha: para 62% dos cariocas, políticos do Rio são os mais corruptos do país

Ela revelou também que pretende deixar um novo pacote em sua porta, recheado com o que chamou de "um presente de seu cachorro", na tentativa de dar uma lição no ladrão ou em qualquer outra pessoa que tente fazer a mesma coisa.