Protestos levaram milhares de pessoas às ruas na Colômbia.
Reprodução/Telesur
Protestos levaram milhares de pessoas às ruas na Colômbia.

Três pessoas morreram em meio a conflitos nas maniestações que ocorrem, nesta quinta (21), na Colômbia contra o presidente Iván Duque .  A informação foi divulgada, nesta sexta (22), pelo ministro da Defesa colombiano, Carlos Holmes Trujillo.

Leia também: Aliança pelo Brasil: O que pode acontecer com o partido de Bolsonaro

Segundo o ministro da Colômbia, as mortes em Buenaventura aconteceram em meio a um conflito entre a polícia e suspeitos de realizar um saque em um centro comercial. "Como resultado do confronto entre os vândalos e a força pública houve a morte de duas pessoas, e foram feridos um intendente da polícia e um infante da Marinha". 

O ministro afirma que estão sendo realizadas investigações para se analisar o procedimento executado pelos policiais e se houve abusos de força . Outras 11 investigações preliminares foram abertas para verificar "possíveis ações irregulares" por parte da polícia nas manifestações de Bogotá, Cali, Manizales e Cartagena.

Leia também: Rabino Henry Sobel morre aos 75 anos

O ministro não se pronunciou sobre a morte em Candelaria, mas fontes próximas a ele afirmam que a morte também ocorreu em meio a confrontos. Novas manifestações estão ocorrendo na Colômbia nesta sexta (22).


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários