Pepe Mujica pode ajudar a conquistar votos para a Frente Ampla (FA), coligação do qual seu partido faz parte.
Reprodução/Youtube
Pepe Mujica pode ajudar a conquistar votos para a Frente Ampla (FA), coligação do qual seu partido faz parte.

Após um ano de descanso, o ex-presidente do Uruguai , José "Pepe" Mujica decide deixar a aposentadoria para disputar, aos 84 anos, cargo de senador nas eleições uruguaias que acontecem neste domingo (27).

Leia também: Manifestantes queimam livros de vencedor do Nobel da Paz na Etiópia

Mujica foi presidente do Uruguai de 2010 a 2015. Quando o seu mandado terminou, assumiu o posto de senador, mas em 2018, decidiu abdicar do cargo e "tirar uma licença antes de morrer de velho".

O ex-presidente, ex-deputado e ex-guerrilheiro foi convencido por membros de seu partido, o Movimento de Participação Popular (MPP), a retornar à política, principalmente para ajudar o partido a conquista da renovação política no país.

Para membros do partido, a presença do ex-presidente é importante tanto pela sua popularidade como seu conhecimento e visão de futuro, o que ajudaria na renovação de políticas.

Leia também: Califórnia em chamas: cerca de 50 mil pessoas estão desalocadas 

Além disso, Mujica pode ajudar a conquistar votos para a Frente Ampla (FA), coligação do qual seu partido faz parte.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários