Boris Johnson
Divulgação
Boris Johnson queria acelerar a tramitação do acordo do Brexit

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, propôs nesta quinta-feira (24) a convocação de eleições antecipadas para o próximo dia 12 de dezembro.

Leia também: Com aprovação do Parlamento Europeu, Brexit deve ser adiado mais uma vez

Em entrevista à BBC após uma reunião com seus ministros, Boris Johnson disse que essa seria a condição para dar mais tempo ao Parlamento para discutir o acordo de saída da União Europeia.

O premier tentou acelerar a tramitação do tratado do Brexit na Câmara dos Comuns, mas acabou travado pelos parlamentares. A retirada do Reino Unido da UE está marcada para a próxima quinta-feira (31).

Até o momento, o Parlamento aprovou apenas um pacote de leis que regulamenta o Brexit , mas não o acordo em si. Johnson admitiu que espera que a União Europeia aceite estender o prazo do divórcio, embora ele seja contra essa ideia, e agora tenta barganhar com a proposta de antecipar as eleições.

"Se eles genuinamente querem mais tempo para estudar esse excelente acordo, então eles podem tê-lo, mas terão de concordar com uma eleição geral em 12 de dezembro", disse o primeiro-ministro à BBC .

Leia também: Morales comemora vitória e diz que soberania boliviana deve ser respeitada

Boris Johnson já tentou antecipar eleições uma vez, mas o pedido acabou rejeitado pelo Parlamento, que queria garantir que não houvesse um Brexit sem acordo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários