Imagens foram divulgadas por agência estatal da Coreia do Norte nesta quarta-feira
Divulgação
Imagens foram divulgadas por agência estatal da Coreia do Norte nesta quarta-feira

Lançando mão de um estilo popularizado pelo presidente russo Vladimir Putin , o ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un , fez uma sessão de fotos em cima de um cavalo branco.

Leia também: 'Marmota assustada' leva prêmio de melhor fotografia em concurso no Reino Unido

Usando um sobretudo marrom, o líder norte-coreano foi fotografado cavalgando e sorrindo para as câmeras no monte Paektu , coberto de neve. A montanha é o lar espiritual da dinastia de Kim Jong , que comanda o país desde 1948.

O evento foi descrito pela agência de notícias estatal KCNA como "um evento de grande importância para a história da Revolução Coreana".

Você viu?

"Tendo testemunhado seus grandes momentos de reflexão no topo do monte Paektu, todos os funcionários que o acompanhavam ficaram convencidos, muito alegres e emocionados de que haverá uma grande operação para maravilhar o mundo novamente e um novo passo na Revolução Coreana ", diz a mídia estatal.

Não está claro, no entanto, o que esta operação poderia envolver, mas Kim realiza visitas à montanha sagrada com frequência durante momentos políticos importantes.

Leia também: 4 meses do caso Flordelis: saiba o que falta para desvendar a morte do pastor

No final de 2017, por exemplo, o ditador foi ao local dias após o lançamento de seu maior míssil intercontinental e semanas antes de um discurso que abriu as portas para conversas com a Coreia do Sul . No ano passado, Kim levou o presidente sul-coreano Moon Jae-in ao monte durante o encontro histórico que realizaram.

Segundo analistas ouvidos pela agência Reuters, o simbolismo quase mitológico das imagens representa, internamente, a resistência da Coreia do Norte às sanções internacionais e às tentativas de desmantelamento de seu programa nuclear.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários