Tamanho do texto

Dois meses antes dos assassinatos, Sarah Barrass publicou uma mensagem no Facebook que sugeria que ela estava "indo atrás" de matá-los

Sarah Barrass arrow-options
Reprodução/Facebook
Sarah Barrass matou os filhos de 13 e 14 anos

Uma mulher de 34 anos foi condenada por matar os dois filhos adolescentes por estrangulamento em South Yorkshire, no Reino Unido . Sarah Barrass cometeu o crime em maio deste ano, mas o julgamento dela só terminou agora. Ela foi considerada a assassina dos jovens, que tinham 13 e 14 anos.

Durante o julgamento, no qual ela também foi acusada de planejar a morte de mais quatro crianças, Barrass chegou a chorar.

Leia também: Mãe descobre morte de filho de 10 anos ao ver foto em grupo do WhatsApp

No Facebook , Barrass chegou a publicar mensagens dois meses antes que sugeriam que ela já planejava matar alguém. Na publicação, uma imagem com uma caveira dizia que ela estava "indo atrás de você".

Em outro post, ela também citou uma passagem de um dos livros do escritor Stephen King, que diz que "assassinatos são como batatas fritas, você não consegue parar no primeiro".

Leia também: Corpo de homem desaparecido há 10 anos é encontrado em loja na qual trabalhava

De acordo com o juiz Jeremy Richardson, que conduzia o julgamento, a sentença de Barrass será dada no dia 12 de novembro. "Nennhuma palavra que eu diga pode refletir completamente a enormidade do que você fez. As mortes falam por elas mesmas", disse.