Planeta

Mancha negra em Júpiter
J. Stevens/Nasa/Universidade do Colorado
Mancha negra em Júpiter



Uma missão da Nasa detectou uma enorme mancha negra de cerca de 3.600 quilômetros de extensão, - maior do que a distância entre São Paulo e Fortaleza (cerca de 3 mil quilômetros).

Leia também: Descoberto planeta gigante que circula em estrela anã vermelha

Seria um novo fenômeno descoberto pela ciência? Nada disso, a mancha se revelou apenas uma sombra da lua durante um eclipse em que ela ficou na frente do Sol, assim como ocorre nos eclipses aqui na Terra .

Leia também: Nasa registra pela primeira vez fenômeno em que buraco negro "devora" estrela

Júpiter tem pelo menos 79 luas . E frequentemente esses satélites eclipsam o Sol, por conta do número de luas, do tamanho massivo do planeta e também porque ele não é muito inclinado em relação à sua órbita, então o Sol nunca se afasta muito do plano equatorial do planeta . Essa é a lua mais vulcanicamente ativa do Sistema Solar, e frequentemente é flagrada ejetando lava para fora de sua atmosfera.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários