Bebê morreu dois dias depois de ter sido pisoteado pela menina
Reprodução/Facebook
Bebê morreu dois dias depois de ter sido pisoteado pela menina

Uma menina de 11 anos está detida em uma prisão adulta por ter matado um bebê de seis meses no estado americano de Wisconsin. Ela, que na época do caso tinha apenas 10 anos, foi considerada imprópria para ser julgada em função da sua capacidade mental.

Leia também: ONU denuncia ‘impunidade’ ante ‘violações’ dos direitos humanos na Nicarágua 

menina alegou que entrou em pânico e pisou no bebê quando ele começou a chorar. Ele morreu dois dias depois do incidente. O caso ocorreu em uma casa que servia de creche. O corpo do bebê ainda não foi devolvido à família.

Na última quarta-feira (4),  ela foi considerada imprópria para ser julgada . No final de agosto o médico Michael Hammer realizou exames de competência na menina e notou uma piora na sua capacidade mental nos últimos meses. A advogada da garota disse que o motivo do regresso foi o confinamento em uma prisão para adultos .

Além de ser considerada imprópria para ser julgada, a menina será transferida de sua atual unidade de saúde – que é exclusiva para adultos – para uma unidade focada em atendimento juvenil.

Leia também: Ossos humanos são encontrados em casa de ex-ditador paraguaio

A jovem já havia sido considerada imprópria para julgamento em março. Entretanto, os promotores mudaram acusações da  menina de “homicídio imprudente” para “homicídio intencional de primeiro grau”. Isso fez com que novos testes fossem realizados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários