Tamanho do texto

Glenn Greenwald e David Miranda solicitaram um visto emergencial para os filhos, mas tiveram procedimento dificultado por perguntas pouco usuais

David Miranda tira uma selfie com Glenn Greenwald e os filhos do casal arrow-options
Reprodução/Instagram/David Miranda
Glenn Greenwald e David Miranda adotaram os filhos há dois anos

O jornalista Glenn Greenwald e seu marido, David Miranda, apresentaram uma solicitação emergencial de visto para seus filhos no Consulado dos Estados Unidos no Rio de Janeiro. A autorização foi concedida nesta segunda-feira (29), uma semana depois do pedido ser feito. Inicialmente, no entanto, o Consulado havia informado que o visto ficaria pronto no mesmo dia. 

Leia também: Moro tinha dúvidas sobre a delação de Palocci, sugere vazamento de procuradores

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo , David Miranda levou pessoalmente os documentos das crianças ao Consulado americano na última segunda-feira (22), onde o informaram que o visto havia sido aprovado e ele poderia voltar para buscar os passaportes às 14h do mesmo dia.

Ainda segundo a Folha , o deputado, porém, foi surpreendido ao ser informado que seriam necessárias informações adicionais. Entre elas, em que João Victor e Jonathan trabalharam nos últimos 15 anos, mas as crianças têm 11 e 10 anos.

Leia também: “Não é nepotismo. Não ia cometer um crime”, diz Bolsonaro em defesa de Eduardo

A mãe de Glenn, que mora em Miami, tem uma doença grave e por isso o jornalista, que é americano, quer levar os filhos para visitá-la. Glenn Greenwald  se manifestou sobre a autorização de visto  em seu Twitter, onde disse que “isso aconteceu apenas porque o poder de uma imprensa livre foi usado para expor atos desumanos de dois governos”.