Tamanho do texto

Khalid Al Qasimi, de 39 anos, era o segundo filho mais velho do xeique Mohammed Al Qasimi; ele morava na Inglaterra e trabalhava como estilista

Khalid Al Qasimi
Divulgação
O príncipe dos Emirados Árabes, Khalid Al Qasimi, foi encontrado morto em Londres; causa é um mistério

O príncipe dos Emirados Árabes Khalid Al Qasimi, de 39 anos, foi encontrado morto em um apartamento em Londres na manhã desta quarta-feira (3). De acordo com a polícia local, a causa da morte é um mistério e o caso é tratado como "inexplicado". 

Leia também: Tio de vítima de estupro tenta agredir acusados na porta de tribunal na Espanha

O caso será investigado. De acordo com a BBC, os policiais receberam um chamado para atender "uma morte súbita em uma propriedade residencial". No entanto, os exames iniciais no corpo do príncipe foram inconclusivos.

Khalid Al Qasimi era o segundo filho mais velho do xeique Mohammed Al Qasimi, que governa o Emirado de Sharjah, um dos sete dos Emirados Árabes . Ele foi criado na Inglaterra e trabalhava em Londres como estilista. Ele fundou a marca de roupas Qasimi e se apresentou na London Fashion Week no mês passado.

De acordo com o site da empresa, que lamentou a morte do executivo, ele era "tenaz e ainda assim sensível exploração de questões sociopolíticas, particularmente aquelas ligadas ao Oriente Médio."

Leia também: Criança brasileira de 2 anos desaparece ao cruzar fronteira entre México e EUA

O xeique Mohammed Al Qasimi decretou luto oficial de oficial de três dias e disse, por meio de comunicado oficial, que o filho está "sob os cuidados de Deus". Essa é a segunda vez que o monarca sofre a perde de um filho. Há 20 anos,  o príncipe Mohammed Bin Sultan Al Qasimi, primogênito do governante, morreu por conta de uma overdose de heroína.