Tamanho do texto

Ataque aconteceu na cidade de Azaz, que fica na fronteira da Síria com a Turquia; até o momento, nenhum grupo terrorista reivindicou a autoria

Explosão
Reprodução/Twitter
Novas informações revelam aumento no número de mortos no incidente do último domingo

Um novo balanço indica a morte de pelo menos 17 pessoas no último domingo (2), na explosão de um veículo em Azaz, na fronteira da Síria com a Turquia, de acordo com a organização não governamental (ONG) Observatório Sírio para Direitos Humanos (OSDH), sediada na Grâ-Bretanha e com vasta rede de fontes na Síria.

Leia também: Ataque de mísseis de Israel na Síria deixa ao menos 10 mortos

O ataque, que ainda não foi reivindicado, ocorreu um dia após explosão similar que causou a morte de dez pessoas e feriu 20 em Raqa (nordeste da Síria ).

Quatro crianças estão entre os mortos, disse à agência de notícias France-Presse o diretor do Observatório, Rami Abdul Rahman. "A explosão ocorreu quando muitas pessoas saíam do local onde realizavam as orações da noite", acrescentou.

A Turquia lançou a operação "Escudo do Eufrates" em 2016, assumindo o controlo de um território de mais de 2 mil quilómetros quadrados no norte da Síria , incluindo a cidade de Azaz, para expulsar o grupo extremista Estado Islâmico e impedir o avanço de forças curdas.

Leia também: Navio de cruzeiro perde controle e atinge porto em Veneza