Tamanho do texto

Isabelle e Katherine Adams já financiaram 170 projetos para fornecer água potável a milhares de pessoas de 17 países por meio da venda de dobraduras

Planeta

oficina de origamis
PLANETA/DIVULGAÇÃO
Meninas organizam oficinas de origami para arrecadar dinheiro

As meninas Isabelle e Katherine Adams, de 15 e 13 anos, respectivamente, conseguiram transformar sua paixão por origami (a prática da dobradura tradicional da cultura japonesa) em milhões de dólares que estão permitindo levar água potável a milhares de pessoas pelo mundo afora.

Leia também: Menino que estuda na rua por falta de luz vai ganhar casa nova de milionário

Tudo começou em 2012, depois que descobriram que uma criança morre a cada 15 segundos por não ter acesso à água limpa. Elas começaram a organizar regularmente oficinas de origami  e eventos de dobradura em Dallas, Texas (EUA), onde vivem. Com os ornamentos criados conseguiram arrecadar US$ 10 mil no primeiro mês da iniciativa para doar a comunidades sem acesso à água. O primeiro lugar beneficiado foi na Etiópia.

ong
PLANETA/DIVULGAÇÃO
Jovens criaram a ONG Paper for Water

Assim nasceu a Paper for Water, em 2013, uma organização sem fins lucrativos dedicada a financiar projetos de água limpa em todo o mundo, fazendo e vendendo criações de papel com a ajuda de muitos voluntários. Até o momento, a ONG já levantou mais de US$ 1,5 milhão que permitiram entregar 170 projetos de fornecimento de água potável a milhares de pessoas  de 17 países.

Leia também: Estudantes têm que plantar dez árvores para se formar nas Filipinas

As irmãs também estão trabalhando para atingir 20.000 assinantes do YouTube, de forma que possam monetizar a plataforma para arrecadar ainda mais dinheiro para novos projetos. Pelo site da Paper for Water também é possível comprar os ornamentos de origami e fazer doações.